domingo, 20 de dezembro de 2009

Fluxo, refluxo...


Com outro corpo
- que não é o teu.
Sentido a dor
- da tua ausência.
Ouvindo a música
- que ainda é a nossa.
O amor que em mim permanece
- do qual sempre será a dona.

Um comentário: