sexta-feira, 4 de junho de 2010

"... em torno dele soprava o vazio em que um homem se encontra quando vai criar. Desolado, ele provocara a grande solidão. (...) E como um velho que não aprendeu a ler ele mediu a distância que o separava da palavra."

Clarice Lispector

Um comentário:

Raquel disse...

"extraios meus sentimentos e palavras da minha noite absoluta" Clarice